Maus hábitos alimentares e baixa atividade física são dois importantes fatores de risco para muitas doenças, nas quais se incluem as cardiovasculares.
Consume-se um excesso de gorduras, açúcar, sal, alimentos processados, carne e derivados, fritos e alimentos e bebidas ricas em açúcar. Por outro lado, existe uma carência na ingestão de legumes e hortaliças, frutos, leguminosas e peixe.
É fundamental incentivar práticas alimentares e estilos de vida mais saudáveis e equilibrados em todos os escalões etários. O Padrão Alimentar Mediterrânico responde a todos estes critérios, já que garante variedade nutricional com um número de refeições equilibradas e bem distribuídas ao longo o dia, inseridas num estilo de vida saudável.